crônica

até quando vamos empurrar a sujeira pra debaixo do tapete?

plástico-poluicao-maritima

Planeta ou Plástico?

Esta foi a questão principal de um evento proporcionado pela ONU Meio Ambiente que aconteceu no início deste mês, e divulgou números assustadores a respeito da quantidade de lixo que produzimos e descartamos.

grafico-poluicao-com-plástico (1)

A triste realidade que comprova esse fato é que de 8 a 13 milhões de toneladas de plástico vão acabar nos oceanos, por ano. Se continuarmos neste ritmo, em 2050, pode haver mais plástico do que peixe no mar. Nem dá pra imaginar! Infelizmente, já existem manchas de lixo no oceano Pacífico que parecem ilhas de plástico, só que não tem território e não dá pra pisar, estão “boiando”.

gráfico-poluicao-marinha-com-plástico (2)

Lógico que não tem como negar a importância que o plástico teve e, ainda tem, na evolução da indústria. Mas, já passou da hora de repensarmos nossos atos.

Aquele tipo de embalagem plástica usada apenas uma vez e facilmente descartada, é o que mais produzimos e o descarte, na maioria das vezes, é incorreto e não pode ser reciclado. Para se ter uma ideia, a cidade de São Paulo consegue reciclar entre 2% a 3% dos resíduos. É muito pouco.

Inacreditável!

Para chamar a atenção para o problema, o fotógrafo francês Antoine Repesse, fez um ensaio onde mostrou o acúmulo de lixo de quatro anos.

lixo-antoine-repesse-3
by Antoine Repesse

Batizado de #365 Unpacked, o intuito é “confrontar as pessoas com a realidade que elas costumam evitar e encorajá-las a mudar seus hábitos de consumo”, diz o artista.

lixo-antoine-repesse
by Antoine Repesse

Para ele, as imagens valem mais que mil palavras. E, tem toda a razão, as fotografias são bem impactantes e dá pra ter noção da quantidade de lixo que produzimos, principalmente, o plástico.

lixo-antoine-repesse-6
by Antoine Repesse
lixo-antoine-repesse-4
by Antoine Repesse
lixo-antoine-repesse-2
by Antoine Repesse

A tomada de consciência deve partir de todos

Podemos começar com pequenas atitudes no dia a dia. O descarte correto do lixo que pode ser reciclado é responsabilidade de cada um. Diminuir o consumo de produtos com embalagens não biodegradáveis, está ao nosso alcance. Evitar usar canudos, talheres de plástico, ou copinhos descartáveis, também é nosso dever.

Se cada um fizer a sua parte, já faz diferença. É uma questão de educação. O que não se pode é apenas culpar os outros, achar que o problema não nos pertence, e esperar…

O futuro é consequência da nossa vida de hoje. E ainda dá tempo de reconstruí-lo.

fotos:reprodução/internet/Antoine Repesse
Anúncios
design

#WTF? : design sofisticado

cadeira-design-sofisticado-adesignaward (1)

Sofisticação e design transformam objetos do dia a dia em peças únicas. Como esta cadeira, vencedora do Furniture, Decorative Items and Homeware Design Category, 2017.

Inspirada na forma humana e na posição de ajoelhar-se para rezar, ela foi chamada de “Purity Seating in Praying”. 

O design desta obra sensacional é de Hamid Reza Khodaei.

cadeira-design-sofisticado-adesignaward (3)cadeira-design-sofisticado-adesignaward (2)

Não é uma peça maravilhosa?

fotos:reprodução
moda

trend alert: logomania, a modinha de exibir marcas

trend-alert-logomania-looks-street (4)

O revival dos anos 90 trouxe, novamente à tona, coisas muito legais e outras nem tanto! Uma destas modinhas é logomania ou a mania de exibir de maneira ostensiva os logotipos das marcas preferidas.

Apesar de não ser adepta ao “estilo”, e acreditar que incentiva a pirataria e a necessidade de gastar “muito” para estar na moda, sei que tem bastante gente que ama!

Por este motivo, a tendência de hoje é a logomania e a maneira que as fashionistas de plantão estão exibindo as suas grifes favoritas por aí.

trend-alert-logomania-looks-street (10)trend-alert-logomania-looks-street (7)

Geralmente, a estampa da marca é o ponto principal do look, o foco da atenção. O logotipo pode ser grande ou ser em grande quantidade, bem pra mostrar de onde é a sua origem.

trend-alert-logomania-looks-street (8)trend-alert-logomania-looks-street (5)

No street style, a tendência é usada de um jeito mais cool e não tão over quanto o apresentado nas passarelas.

Pra quem quer entrar na vibe, a dica é: ser discreta e não sair como se fosse patrocinada pela marca! Aproveite para dar um tom mais divertido ao look e use peças que tragam um certo humor para a produção.

trend-alert-logomania-looks-street (9)

Confira alguns looks street e inspire-se para criar a sua própria maneira de usar a modinha.

trend-alert-logomania-looks-street (11)trend-alert-logomania-looks-street (6)trend-alert-logomania-looks-street (3)trend-alert-logomania-looks-street (2)trend-alert-logomania-looks-street (1)

E aí, me diz, você é adepta desta tendência?

fotos:reprodução
inspiração

arte para inspirar

fotografia-de-moda-décadas-40-e-50-by-nina-leen (2)
by Nina Leen

Hoje a inspiração viaja no tempo, e traz um pouco de história da moda das décadas de 40 e 50, através das lentes sensacionais da fotógrafa Nina Leen. Pelas fotos dá pra sentir um pouco da atmosfera da época e apreciar os memoráveis cliques das mocinhas daquele tempo. Não é muito charmoso?

fotografia-de-moda-décadas-40-e-50-by-nina-leen (6)
by Nina Leen
fotografia-de-moda-décadas-40-e-50-by-nina-leen (7)
by Nina Leen
fotografia-de-moda-décadas-40-e-50-by-nina-leen (3)
by Nina Leen
fotografia-de-moda-décadas-40-e-50-by-nina-leen (5)
by Nina Leen
fotografia-de-moda-décadas-40-e-50-by-nina-leen (4)
by Nina Leen
fotos:reprodução/iphotochannel/Nina Leen
moda

1 peça, 3 looks: casaco clássico para os dias de frio

3looks-casaco-inverno-cinza.png

Parece que este ano o frio vai ser mais intenso, principalmente aqui no sul. Por isso um casaco de lã, bem quentinho, faz uma diferença.

Um casaco clássico, com design minimalista e cor neutra, pode fazer parte do seu guarda-roupa, e salvar o seu inverno.

1 Mais cor no seu dia a dia

1peça-3looks-casaco-inverno-2018-cinza (1)

O inverno também pode ser colorido e o ideal é misturar as peças clássicas e neutras com acessórios coloridos ou, ainda, aqueles básicos coloridos que servem para dar um up no visual. No exemplo, o rosa e o vermelho brincam com os tons de cinza criando um look descontraído, confortável e cheio de estilo.

2 Sem perder a sofisticação

1peça-3looks-casaco-inverno-2018-cinza (3)

Quer um look mais clássico? Escolha um vestido! Fica lindo vestido com casaco por cima. Não precisa ser, (necessariamente), um vestido de inverno, pode ser um que dê pra usar em várias estações, inclusive no verão, como uma peça coringa. Os acessórios conferem sofisticação ao visual super feminino.

3 Com design moderno e minimalista

1peça-3looks-casaco-inverno-2018-cinza (2)

Praticidade e elegância podem ser companheiras. Um jeans também combina com o casaco clássico. As outras peças, além de modernas, tem um design diferenciado, trazendo glamour para a produção. A blusa é o foco, com tecido nobre, assimetria e o estilo “wrap” (como se envolve-se o corpo). Mesmo usando um tênis o look não deixa de ser elegante.

Mais uma vez, 1 peça 3 looks traz ideias criativas e práticas para facilitar o seu dia a dia. Exemplos de produções diferenciadas e possíveis para inspirar você a movimentar o seu guarda-roupa e dar vida nova às suas peças. Sem perder o estilo e a personalidade!

crônica

moda versus vaidade: até onde precisamos ir?

pretty-woman-635258_960_720

Atire a primeira pedra, quem nunca se sentiu enganada por uma vendedora de loja de roupas que disse que você estava linda, em um “strange outfit” ? E mesmo assim você comprou a roupa ficando na dúvida, e na dúvida resolveu achar que ela estava certa.

O que nos move a tomar atitudes como esta?

Provavelmente deve ser a nossa vaidade momentânea que nos clama por alguma audiência. Se procurar em um dicionário você vai ver que o significado de vaidade é: “excesso de valor dado à própria aparência, caracterizado pela esperança de reconhecimento e admiração de outras pessoas”. Ou seja, não precisamos simplesmente nos achar lindas, precisamos escutar de outra pessoa que estamos lindas.

mirror-997600_960_720

Neste espaço que existe entre achar e acreditar é que se encontra o marketing da indústria da moda. E se baseia toda a nossa indústria do consumo atual. Atingir um lado vazio que precisa ser preenchido em cima da nossa insegurança emocional.

Para ser feliz e linda você precisa ter….Qualquer coisa que você possa comprar, existem inúmeros apelos, o marketing do consumo é enorme.

Mas quando vamos perceber que precisamos resolver nossas questões internas sem a necessidade de consumir?

A moda e a mulher são dois alvos fáceis nesse mural de exemplos. Mulheres são diariamente convencidas que precisam de um sapato, ou uma bolsa, ou um vestido para serem consideradas amadas e especiais.

Vaidade se origina do latim, de vanus, que quer dizer vazio…

Mulheres são tão superiores que não precisam disso, apesar de ainda achar que precisam sim!

Até onde precisamos ir?

Talvez algo nos impeça de enxergar a verdadeira imagem que refletimos, vemos um reflexo distorcido da realidade e buscamos uma perfeição difícil de atingir. É aonde entra a variedade, e o apelo da fashion industry, que está a nossa disposição para alcançar o nirvana.

girl-3180072_960_720

Moda e vaidade andam de mãos dadas para alcançar a felicidade.

Quem nunca comprou algo que não precisava, com dinheiro que não possuía, para parecer o que não é, e passar uma impressão distorcida aos outros…..

Fica a reflexão sobre os nossos atos consumistas e a descoberta de uma nova consciência do que realmente importa para viver.

LKV

foto:Pixabay
moda

#WTF? : calça jeans e nada mais…

opening-ceremony-calca-jeans-1024x618

Este é o polêmico modelo de calça jeans para ser usada sem nada por baixo. Com uma transparência bem grande em uma das laterais, ela foi criada para destacar “o recorte estratégico”.

O modelo com tela de painel transparente, do quadril até a barra, só pode ser usado sem “underwear” e deixa toda a extensão da perna à mostra.

calc3a7a-jeans-polc3aamica-para-usar-sem-calcinha

A calça jeans, é encontrada na Opening Ceremony, uma loja americana considerada cool e que tem várias fãs famosas, entre elas Rihanna.

calc3a7a-jeans-polemica

Se você estiver interessada, fique sabendo que o valor da calça, à venda no site da loja, é de US$ 590, ou cerca de R$ 2,2 mil.

E aí, o que você achou desta polêmica (e cara) novidade?

fotos:reprodução
moda

trend alert : boina, o acessório do inverno

trend-alert-boinas-inverno-2018 (5)

A boina é um acessório muito usado pelos europeus, homens e mulheres. Aqui, no nosso país, não usamos tanto acessórios de cabeça, exceto o boné.

Este ano, a boina está invadindo as coleções e vitrines por aí. Acredito que ela vai ser hit no território nacional também, porque no inverno gringo só deu ela.

trend-alert-boinas-inverno-2018 (18)

Para completar a produção e conferir muito charme ao look, a boina serve como aliada, além de esquentar nos dias frios.

Existem alguns modelos diferentes de boinas.

A boina francesa, por exemplo, se tornou um ícone entre mestres da pintura. As cores mais usadas de boina francesa são vermelha, vinho e preta.

boina-feminina-francesa

A boina caída, ou também de touca boina (o nome não importa!) é ótimo para criar um estilo mais despojado, sem deixar de ser feminino.

boina-feminina-caída-vermelha

A boina com aba tem origem militar. Outra referência, é a onda musical dos anos 60, quando os Beatles popularizaram esse modelo.

trend-alert-boinas-inverno-2018 (1)

Independente do seu estilo, basta você querer usar uma boina, que ela vai trazer um ar descolado para o seu visual. Inspire-se em alguns looks super moderninhos!

trend-alert-boinas-inverno-2018 (2)trend-alert-boinas-inverno-2018 (6)

Para os dias de sol ou chuva:

trend-alert-boinas-inverno-2018 (16)trend-alert-boinas-inverno-2018 (1)

Para looks mais sofisticados ou despojados:

trend-alert-boinas-inverno-2018 (12)trend-alert-boinas-inverno-2018 (17)trend-alert-boinas-inverno-2018 (11)trend-alert-boinas-inverno-2018 (4)trend-alert-boinas-inverno-2018 (7)

Escolha a sua!

E fique à vontade para adotar a boina neste inverno!

fotos:reprodução
moda

1 peça, 3 looks: blusa assimétrica com gola alta

Apesar de ser clássica, a gola alta também já teve seus altos e baixos na moda. Este inverno ela está em alta. Para mim (que amo!) e sempre uso, independente dos ciclos da moda, é uma peça indispensável.

Além de esquentar a gola alta também é super charmosa, e confere um ar sofisticado ao look.

A blusa de hoje é moderna com design diferenciado e muito estilosa, dá pra criar várias produções lindas.

1 Look Casual

1peça-3looks-sweater-gola-alta-assimetrico (1)

Aqui a blusa é a estrela da produção. Um estilo bem casual e confortável para o dia a dia. Um visual fácil de criar. Uma legging preta e uma bota over the knee completam o look e os acessórios dão o brilho que estava faltando.

2 Look Fashion

1peça-3looks-sweater-gola-alta-assimetrico (2)

Ousar é a palavra certa para quem quer causar e ser fashion. Um visual bem diferenciado. A saia lápis é ajustada ao corpo e a estampa é moderna, a blusa cai por cima, mas o cinto entra para marcar presença e mostrar mais glamour. Os acessórios são criativos e descolados como toda fashionista gosta.

3 Look Básico

1peça-3looks-sweater-gola-alta-assimetrico (3)

A velha calça jeans e uma flat preta são um par perfeito para quem quer simplicidade. Um visual com jeito urbano. Mas, mesmo assim, a blusa ainda continua sendo chic e também é o ponto alto da produção. Os acessórios podem ser customizados e ter a sua cara para imprimir personalidade ao look.

Três exemplos inspiradores para começar bem a semana e ajudar a você criar a sua produção diária. Sem dificuldades e sem preguiça! Já que você tem que se vestir pra sair não custa perder mais 5 minutinhos caprichando no visual, né?

crônica

perennials, porque a idade é apenas mais um número!

thedigitalartist

O conceito de millennials já está mais difundido do que nunca em diversos lugares, principalmente na web. São aqueles nascidos entre os anos 80 e 95, ou também a chamada geração Y. Um grande mercado consumidor.

Agora descobriu-se um outro grande nicho: PERENNIALS, ou aquelas que levam um estilo de vida “ageless“, sem idade definida. São, especificamente, mulheres acima dos 40 anos.

stocksnap

Como eu, quem escreve aqui!

O conceito vem de “perene” e foi criado no fim do ano passado, pela empreendedora de tecnologia Gina Pell, na revista Fast Company. Para ela: “é uma pessoa que cultiva um estilo de vida que harmoniza hábitos e gostos de diversas idades. Um movimento que não se baseia em noção cronológica, mas em identidade social”.

Ou seja, fora ao conceito de meia-idade!

A SuperHuman, uma produtora de Londres especializada em conteúdo feminino, realizou uma pesquisa onde foram entrevistadas mais de 500 mulheres acima de 40 anos no Reino Unido, confira o resultado:

2/3 dessas mulheres acreditam estar no auge da vida,
67% se sentem mais confiantes do que há dez anos,
84% acreditam que não podem ser definidas pela idade,
90% tem estilo e atitude muito mais jovens do que tinham suas mães.”

“Essas mulheres tem sede de experiências tanto quanto as millennials”, afirma Sandra Peat, cofundadora da SuperHuman.

Independente de idade o que importa é a atitude, o comportamento e o estado de espírito. Não achar que está velha demais para determinadas coisas… Não se importar tanto com a opinião dos outros… Não precisar da aprovação de ninguém…

thedigitalartist2

A maturidade traz uma forma de liberdade que até então era desconhecida, uma liberdade de quem deseja buscar viver de uma maneira mais suave e sem tanto peso pra carregar.

Afinal, tudo o que temos na vida são fruto da opção e das escolhas que um dia fizemos. Sem lamentações!

Saber que cada época vivida teve o seu momento de importância e serviu de aprendizado. E que é legítimo se reinventar e buscar novos desafios. Poder ter a certeza de que é sempre possível recomeçar.

Sem autossabotagem ou cobranças inúteis.

cindy-crawford

xuxa

A ideia é ir mais a fundo, não é só uma questão de fase, roupas para vestir ou lugares a frequentar. É uma questão de estilo de vida. De escolha própria. De ter coragem de encarar a própria vida e saber o que fazer com ela.

Acertando ou errando? Uma questão para ser assimilada e digerida a longo prazo. Uma vez que, com toda certeza, ainda nos resta algum tempo!

LKV

fotos:reprodução internet/Pixabay
fonte:MarieClaire