moda

trend alert: chic & confort – o estilo do momento

look-chic-confort-street (6)

Ser chique e ficar confortável não é uma tarefa das mais fáceis! Mas é o que está bombando nas ruas do mundo inteiro. Usar saltos ou não, já não é mais tão importante, o importante mesmo é estar confortável, se sentir bem e ainda estar linda e estilosa. Esta é a prioridade de muitas fashionistas.

Já postei sobre o athleisure, a tendência do sportswear que está invadindo o mundo fashion. Dá pra entender que a busca pelo conforto e pela praticidade tem sido essenciais.

look-chic-confort-street (9)

O par perfeito é unir o conforto e a elegância. Será que dá? Com certeza. Super combina. Separei looks das ruas pra você ver que sim, é possível estar chique sem precisar sofrer!

O próximo look é super despojado, cool e contemporâneo. All in black fica muito estiloso. Dá pra ver que a produção é prática e vai em qualquer lugar.

look-chic-confort-street (1)

Saptilhas, calças skinny e trench coat. Três peças que juntas mostram estilo e sofisticação, aliados ao conforto.

Mais uma maneira de usar o estilo, chic & confort; sapatos flats, skinny e a terceira peça diferenciada, maxi colete ou blazer.

T-shirt + saia listrada + tênis delicado

look-chic-confort-street (10)

Militar trend + cinto por cima do casaco + sapatilhas

look-chic-confort-street (8)

Blazer + lenço no pescoço + a mesma cor na bolsa e no tênis

look-chic-confort-street (5)

Deu pra se inspirar e buscar looks que podem ser elegantes e confortáveis?

Fazer esta mistura de peças com muita personalidade é que mostra o seu estilo.

O essencial é você se sentir bem com aquilo que escolheu pra vestir. Tem dias que a gente quer se montar e usar um salto. Já em outros, a gente quer o pé bem no chão!

Independente do seu humor, o conforto deve ser prioridade na correria do dia a dia.

Sapatos sem salto ou bem baixinhos, roupas práticas e acessórios sofisticados podem, juntos e misturados, criar um visual onde o bem estar anda lado a lado com o requinte!

fotos:reprodução
Anúncios
crônica

perennials, porque a idade é apenas mais um número!

thedigitalartist

O conceito de millennials já está mais difundido do que nunca em diversos lugares, principalmente na web. São aqueles nascidos entre os anos 80 e 95, ou também a chamada geração Y. Um grande mercado consumidor.

Agora descobriu-se um outro grande nicho: PERENNIALS, ou aquelas que levam um estilo de vida “ageless“, sem idade definida. São, especificamente, mulheres acima dos 40 anos.

stocksnap

Como eu, quem escreve aqui!

O conceito vem de “perene” e foi criado no fim do ano passado, pela empreendedora de tecnologia Gina Pell, na revista Fast Company. Para ela: “é uma pessoa que cultiva um estilo de vida que harmoniza hábitos e gostos de diversas idades. Um movimento que não se baseia em noção cronológica, mas em identidade social”.

Ou seja, fora ao conceito de meia-idade!

A SuperHuman, uma produtora de Londres especializada em conteúdo feminino, realizou uma pesquisa onde foram entrevistadas mais de 500 mulheres acima de 40 anos no Reino Unido, confira o resultado:

2/3 dessas mulheres acreditam estar no auge da vida,
67% se sentem mais confiantes do que há dez anos,
84% acreditam que não podem ser definidas pela idade,
90% tem estilo e atitude muito mais jovens do que tinham suas mães.”

“Essas mulheres tem sede de experiências tanto quanto as millennials”, afirma Sandra Peat, cofundadora da SuperHuman.

Independente de idade o que importa é a atitude, o comportamento e o estado de espírito. Não achar que está velha demais para determinadas coisas… Não se importar tanto com a opinião dos outros… Não precisar da aprovação de ninguém…

thedigitalartist2

A maturidade traz uma forma de liberdade que até então era desconhecida, uma liberdade de quem deseja buscar viver de uma maneira mais suave e sem tanto peso pra carregar.

Afinal, tudo o que temos na vida são fruto da opção e das escolhas que um dia fizemos. Sem lamentações!

Saber que cada época vivida teve o seu momento de importância e serviu de aprendizado. E que é legítimo se reinventar e buscar novos desafios. Poder ter a certeza de que é sempre possível recomeçar.

Sem autossabotagem ou cobranças inúteis.

cindy-crawford

xuxa

A ideia é ir mais a fundo, não é só uma questão de fase, roupas para vestir ou lugares a frequentar. É uma questão de estilo de vida. De escolha própria. De ter coragem de encarar a própria vida e saber o que fazer com ela.

Acertando ou errando? Uma questão para ser assimilada e digerida a longo prazo. Uma vez que, com toda certeza, ainda nos resta algum tempo!

LKV

fotos:reprodução internet/Pixabay
fonte:MarieClaire
crônica

aquilo que você enxerga quando vê o seu reflexo no espelho…

espelho
Todos os dias ao acordar você se depara com um alguém do seu outro lado quando se olha, o seu próprio reflexo no espelho. Você realmente gosta daquilo que vê?

Somos tão bombardeados diariamente por informações sobre beleza, pele, cabelos, roupas…Tantas dicas, tantas tutorias, tantos “o que fazer, como fazer”… Que dá até preguiça, né? Ser politicamente correto, aceito e estar dentro dos padrões, mas quais padrões? Já questionei sobre isto aqui antes, dê uma olhadinha aqui!

Somos o que somos, simples assim! Por que precisamos sempre agradar? Somos aquilo que enxergamos no espelho, queira ou não! Com defeitos ou qualidades, com seu próprio corpo, ou cabelo ou tom de pele.

Reflexo-Espelho

Um dos principais dramas da sociedade atual é a própria aceitação e a do próximo, geralmente com quem convivemos. Estamos sempre querendo mudar alguma coisinha…

Temos que aceitar as diferenças!

Por isso quando conheci o trabalho deste artista adorei e estou compartilhando. Francesc Planes, 22 anos, fotógrafo, da Espanha. Ele resolveu questionar estes padrões em uma série fotográfica chamada Normal.

Através das sua lentes, ele mostra a beleza de pessoas comuns, que já sofreram bullying por conta de alguma “diferença”, ao expor corpos que, na teoria, não se encaixam nos padrões de beleza atuais. De uma maneira simples e direta, de uma forma pura, sem intervenções. O seu objetivo principal é celebrar aquilo que não é considerado “normal” e mostrar que a realidade também tem a sua beleza singular e original.

Pra mim foi inspirador!

Confira as fotos e um pouco do trabalho de Francesc Planes:

Alba Parejo nasceu com mais de 500 pintas e pelos amarronzados por todo o seu corpo. “Meu ex-namorado disse para eu não mostrar minhas costas para ninguém, porque ninguém quer ter uma namorada deformada”.

Jordi teve seu olho removido quando era criança, por conta de um tumor que crescia atrás dele. Hoje, ele usa uma prótese no lugar do olho perdido.

guille-sofria-bullying-por-ter-alopc3a9ciaGuille sofria bullying por ter alopécia.

tess-era-chamada-de-baleiaTess era chamada de “baleia”.

Acredite no seu poder e na sua beleza. Todos somos diferentes uns dos outros. E isto é o que nos torna únicos!

Bora ser feliz?

fotos/legendas: reprodução/Francesc Planes

LKV

crônica

já ouviu falar em perennials?

lightstargod

O conceito de millennials já está mais difundido do que nunca em diversos lugares, principalmente na web. São aqueles nascidos entre os anos 80 e 95, ou também a chamada geração Y. Um grande mercado consumidor.

Agora descobriu-se um outro grande nicho: perennials, ou aqueles que levam um estilo de vida “ageless“, sem idade definida. São, especificamente, mulheres acima dos 40 anos.

stocksnap

Como eu, quem escreve aqui!

O conceito vem de “perene” e foi criado no fim do ano passado, pela empreendedora de tecnologia Gina Pell, na revista Fast Company. Para ela: “é uma pessoa que cultiva um estilo de vida que harmoniza hábitos e gostos de diversas idades. Um movimento que não se baseia em noção cronológica, mas em identidade social“.

Ou seja, fora ao conceito de meia-idade!

A SuperHuman, uma produtora de Londres especializada em conteúdo feminino, realizou uma pesquisa onde foram entrevistadas mais de 500 mulheres acima de 40 anos no Reino Unido, confira o resultado:

2/3 dessas mulheres acreditam estar no auge da vida,
67% se sentem mais confiantes do que há dez anos,
84% acreditam que não podem ser definidas pela idade,
90% tem estilo e atitude muito mais jovens do que tinham suas mães.”

“Essas mulheres tem sede de experiências tanto quanto as millennials”, afirma Sandra Peat, cofundadora da SuperHuman.

thedigitalartist

Além disso, também estão dizendo por aí que os 40 são os novos 30…

Independente de idade o que importa é a atitude, o comportamento e o estado de espírito. Não achar que está velha demais para determinadas coisas… Não se importar tanto com a opinião dos outros… Não precisar da aprovação de ninguém…

A maturidade traz uma forma de liberdade que até então era desconhecida, uma liberdade de quem deseja buscar viver de uma maneira mais suave e sem tanto peso pra carregar.

Desmistificando a velha rotina de filhos e trabalho. Afinal, tudo o que temos na vida são fruto da opção e das escolhas que um dia fizemos. Sem lamentações!

Saber que cada época vivida teve o seu momento de importância e serviu de aprendizado. E que é legítimo se reinventar e buscar novos desafios. Poder ter a certeza de que é sempre possível recomeçar.

Sem autossabotagem ou cobranças inúteis.

thedigitalartist2

A ideia é ir mais a fundo, não é só uma questão de fase, roupas para vestir ou lugares a frequentar. É uma questão de estilo de vida. De escolha própria. De ter coragem de encarar a própria vida e saber o que fazer com ela.

Acertando ou errando? Uma questão para ser assimilada e digerida a longo prazo. Uma vez que, com toda certeza, ainda nos resta algum tempo!

Veja exemplos de algumas mulheres famosas consideradas perennials:

Jennifer Lopez e Xuxa

Cindy Crawford e Sara Jane Adams

LKV

fotos:reprodução internet/Pixabay
fonte: MarieClaire