crônica

salto alto, muito alto, altíssimo: usar ou abandonar?

Kim-Kardashian-Estilo-de-Metal-Super-fino-Salto-Alto-12-cm-L-mina-De-Metal-Apontou.jpg_640x640

Não é de hoje que a polêmica existe. Usar sapatos de salto alto ou não? A questão que deveria ser uma opção das mulheres, muitas vezes, se torna uma obrigação em determinados eventos sociais ou em algumas empresas com características bem formais.

Quando Julia Roberts entrou descalça no tapete vermelho em Cannes conseguiu chamar a atenção do mundo para a causa. Por que as mulheres devem ser obrigadas a usar saltos altíssimos em certo lugares? Formalidade? Etiqueta?

julia-roberts-descalc3a7a-no-tapete-vermelho

Não é mais necessário estar em uma salto agulha para estar elegante. Existem tantas opções hoje em dia que o salto alto pode ser dispensado e mesmo assim continuarmos muito chiques.

olivia-palermo-street-style-20171211111805

A moda é cíclica e já houve alguns momentos em que as mulheres dispensaram os saltos altos. No século 19, quando a mulher começou a exigir direitos iguais, como o direito ao voto, eles foram abandonados.

sapato-salto-baixo-sling-back-flat.jpg

Os saltos altos tem muito a ver com a feminilidade, e sempre foram ligados à mulher e ao lado sexual. Hoje, com o empoderamento feminino e a valorização do feminismo, o salto começa a ficar esquecido. Com o sportswear cada vez mais em alta, uma moda mais casual tomando conta das ruas e camisetas sendo a estrela e mandando recados como: “the future is female”, não há como voltar atrás.

Até Victoria Beckham já desistiu dos saltos no dia a dia, declarando: “já não posso usar saltos”.

victoria-beckham-de-tenis-adidas

A moda se adapta rapidamente às novas tendências, e desde que o sapatos flats invadiram as coleções, o conforto é um quesito muito importante na escolha de um sapato feminino. Além das flats lindas, os saltinhos como o kitten heels e os blocados e robustos são uma aposta da fashion industry. Uma forte influência dos anos 80. E uma excelente opção para um dia a dia intenso.

sapatos-salto-baixo-chique-sling-back-elegante (1)sapatos-salto-baixo-chique-sling-back-elegante (2)kitten-heels

Não há como negar esta importante mudança de rumo, não existe mais a necessidade de salto tão altos, nem em ambientes corporativos. Já postei aqui que dá pra ficar chique mesmo sem salto.

A opção de usar um salto alto, tipo stiletto, deve ser única e exclusiva da própria mulher, e não imposta por alguma regra. A elegância não deve ser medida em alguns centímetros, mas sim em atitudes.

LKV

fotos:reprodução
Anúncios
crônica

sapatos, um caso de amor feminino…

salto-alto
Desde que surgiram não largaram mais dos nossos pés. No início, a sua principal função era a de proteger, mas agora, quanta diferença! Serve mais como peça de design e status do qualquer outra coisa.

Em 10 mil a. C., começa a sua história. Há indícios e pinturas em cavernas, de que o sapato já existia naquela época. Na Idade Média, homens e mulheres usavam sapatos de couro aberto. Porém, só depois do uso da máquina de costura para a fabricação do sapato é que ele se tornou mais popular.

sapatos-salto-alto-poder-feminino (1)

Mulheres amam sapatos

Principalmente os de salto alto, sabe por que? Porque simbolizam poder e elegância. Quando usam saltos altos as mulheres se sentem mais atraentes, ficam com a auto estima mais elevada e a postura também é valorizada. O desejo feminino é o de ser reverenciada.

Não é todo dia que estamos dispostas para usar um salto alto, mas em ocasiões especiais eles fazem toda a diferença. É indispensável! O salto alto tornou-se sinônimo de elegância e sensualidade. Quem não ama?

sapatos-salto-alto-poder-feminino (4)

A história comprova

Na China, as sapatilhas eram usadas pelas mulheres desde a infância com o tamanho reduzido para os pés atrofiarem, forçando um caminhar curto e lento, símbolo de elegância. No Egito, somente as mulheres de classe alta usavam sapatos, feitos com pedrarias e bordados em ouro. Odaliscas turcas eram obrigadas a usar sandálias altas, para que não pudessem fugir dos haréns em que viviam. Na Antiga Roma, as prostitutas eram identificadas pelos saltos que usavam. No século XV, em Veneza, só mulher rica podia ter um salto alto e por ser associado com a sexualidade, no ano de 1430, chegou a ser proibido. Além de significar status econômico e social, o salto foi criado pelos maridos como forma de dificultar a caminhada e assim ter um maior controle sobre os passos das esposas.

Os saltos sempre foram muito significativos e continuam sendo.

sapatos-salto-alto-poder-feminino (2)

A sua melhor opção

Hoje existem milhares de opções à nossa volta e podemos escolher aquilo que desejarmos. Sapatos, de salto alto ou não, são peças importantes de estilo. Independente do seu gosto, sempre tem um favorito no guarda-roupa, que é guardado para momentos mais importantes. Porque você sabe, que quando usa aquele par de sapatos, você se sente poderosa, pronta pra qualquer coisa! Não é mesmo?

Deu pra entender? Agora já da pra dar uma explicação quando ouvir que você tem muitos sapatos!

LKV

fotos:reprodução
moda

trend alert: chic & confort – o estilo do momento

look-chic-confort-street (6)

Ser chique e ficar confortável não é uma tarefa das mais fáceis! Mas é o que está bombando nas ruas do mundo inteiro. Usar saltos ou não, já não é mais tão importante, o importante mesmo é estar confortável, se sentir bem e ainda estar linda e estilosa. Esta é a prioridade de muitas fashionistas.

Na semana passada postei sobre o athleisure, a tendência do sportswear que está invadindo o mundo fashion. Dá pra entender que a busca pelo conforto e pela praticidade tem sido essenciais.

look-chic-confort-street (9)

O par perfeito é unir o conforto e a elegância. Será que dá? Com certeza. Super combina. Separei looks das ruas pra você ver que sim, é possível estar chique sem precisar sofrer!

O próximo look é super despojado, cool e contemporâneo. All in black fica muito estiloso. Dá pra ver que a produção é prática e vai em qualquer lugar.

look-chic-confort-street (1)

Saptilhas, calças skinny e trench coat. Três peças que juntas mostram estilo e sofisticação, aliados ao conforto.

Mais uma maneira de usar o estilo, chic & confort; sapatos flats, skinny e a terceira peça diferenciada, maxi colete ou blazer.

T-shirt + saia listrada + tênis delicado

look-chic-confort-street (10)

Militar trend + cinto por cima do casaco + sapatilhas

look-chic-confort-street (8)

Blazer + lenço no pescoço + a mesma cor na bolsa e no tênis

look-chic-confort-street (5)

Deu pra se inspirar e buscar looks que podem ser elegantes e confortáveis?

Fazer esta mistura de peças com muita personalidade é que mostra o seu estilo.

O essencial é você se sentir bem com aquilo que escolheu pra vestir. Tem dias que a gente quer se montar e usar um salto. Já em outros, a gente quer o pé bem no chão!

Independente do seu humor, o conforto deve ser prioridade na correria do dia a dia.

Sapatos sem salto ou bem baixinhos, roupas práticas e acessórios sofisticados podem, juntos e misturados, criar um visual onde o bem-estar anda lado a lado com o requinte!

fotos:reprodução
crônica, moda

por que amamos sapatos?

Desde que surgiram não largaram mais dos nossos pés. No princípio, a principal função era a de proteger, mas agora, quanta diferença! Serve mais como peça de design e status do qualquer outra coisa.

Em 10 mil a. C., começa a sua história. Há indícios, pinturas em cavernas, de que o sapato já existia naquela época. Na Idade Média, homens e mulheres usavam sapatos de couro aberto. Porém só depois do uso da máquina de costura para a fabricação do sapato é que ele se tornou mais popular.

Salto-Alto-e-eles

Mulheres amam sapatos. Principalmente os de salto alto, sabe por que? Porque simbolizam poder e elegância. Quando usam saltos altos as mulheres se sentem mais atraentes, ficam com a auto estima mais elevada e a postura também é valorizada. O desejo feminino é o de ser reverenciada.

A história comprova.

Na China, as sapatilhas eram usadas pelas mulheres desde a infância com o tamanho reduzido para os pés atrofiarem, forçando um caminhar curto e lento, símbolo de elegância. No Egito, somente as mulheres de classe alta usavam sapatos, feitos com pedrarias e bordados em ouro.

No século XV, em Veneza, só mulher rica podia ter um salto alto. Além de significar status econômico e social, o salto foi criado pelos maridos como forma de dificultar a caminhada e assim ter um maior controle sobre os passos das esposas.

Deu pra entender? Agora já da pra dar uma explicação quando ouvir que você tem muitos sapatos!

saltos-altos

LKV

fotos:reprodução
*(este post já foi publicado aqui no blog)
crônica, moda

atitude fashion forever!

beautiful-316287_960_720

Tem mulheres que já nasceram com muito estilo, outras adquiriram com o próprio amadurecimento. O importante é manter a sua atitude fashion sempre, mesmo que você ache que já tenha passado da idade. Porque o que vale mesmo é acreditar no poder feminino, independente de quantas velinhas você já tenha soprado nesta vida.

Muitas “senhorinhas idosas” dão um banho de charme e de elegância em muitas menininhas por aí (que ainda estão longe dos “enta”). O tempo é uma coisa muito relativa, está mais para um estado da alma do que algo que tange o corpo físico. Depende da autoestima de cada mulher, da valorização que cada uma concede a si mesma.

Falando no quesito: moda….Por que? Está ligado a aparência e a auto imagem que temos de nós mesmas. Sem enaltecer a vaidade excessiva, concorrente voraz de uma obsessão pela juventude, mas ao cuidado que temos com a nossa aparência.

A roupa também é um reflexo do que somos, do que transmitimos para o mundo. É aonde entra a moda. Não precisa estar dentro das tendências! E sim ser fiel ao seu próprio estilo. De acordo com aquilo que deixa você à vontade, que traz bem-estar, que harmoniza com o seu corpo, isento de formas físicas…

metaphor-1209691_960_720
by unsplash

É por isso que este post é dedicado às mulheres maduras. É também para as mais jovens se inspirar nelas, naquilo que seremos amanhã. Porque muitas vezes nos deixamos vencer pelo cansaço e pela preguiça, e ficamos assim meio “largadinhas”! Como se um carro tivesse passado por cima da gente!

Vamos lá! Sem esquecer da alegria, do amor próprio e do batom!

Fiz uma seleção de looks com mulheres maduras “mega estilosas” para fazer você repensar. Acreditar no seu poder e aceitar que o estilo não morre nunca! A atitude fashion é para sempre!

(ps.: esta admiração também vai para a minha mãe, que ainda mantém o estilo e o incentivo às filhas!)

LKV

fotos:Pixabay/reprodução