crônica

já ouviu falar em parklets?

Um novo conceito, uma tendência urbana, um upgrade para o cotidiano. Parklets são espaços públicos, que criam mais áreas de convivência e espaços humanizados nas grandes cidades trazendo mais conforto e melhorando a paisagem. São como minipraças, que funcionam como uma extensão da calçada, instaladas nas vagas dos carros.
A ideia é aumentar o espaço por pessoa, ativar a recreação e o comércio, e restringir o espaço dos automóveis nos centros urbanos.
Os parklets foram instalados, inicialmente em 2010, em São Francisco (EUA) e a partir daí invadiram as cidades pelo mundo afora. No Brasil, o primeiro parklet chegou em São Paulo em 2013, mas agora estão caindo no gosto da iniciativa privada. Qualquer pessoa, comerciante ou comunidade pode tomar a iniciativa da instalação de um parklet, desde que tenha condições de assumir os custos da instalação e manutenção do projeto.
O objetivo real é criar espaços democráticos, e não privativos, o conceito é que todos possam usufruir daquele espaço, independente de quem o criou ou o patrocina. Não se pode distorcer a originalidade do projeto que tem a intenção primordial de criar mais espaços públicos, para que qualquer pessoa possa interagir e conviver de maneira mais harmoniosa com a sua própria cidade.
Entenda melhor a ideia nas fotos de parklets espalhados pelo mundo.

LKV

parkletspstreet32_parkletyc1szt02bt1hz5cy

parkletsp_01
reprodução/internet

parklet parklet13 Parklets-Arquitetura-Sustentavel-7 Parklets-Arquitetura-Sustentavel-13

Anúncios

1 thought on “já ouviu falar em parklets?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s